sexta-feira, 27 de julho de 2012

Planejamento para a Inovação - Avaliando Projetos



Em nosso artigo anterior demonstramos como funcionam as origens de propostas nas áreas para o Planejamento para a Inovação. Obviamente, a coordenação feita pela área de Endomarketing receberá inúmeras propostas com diversos orçamentos de investimento e a empresa gastaria uma verdadeira fortuna errando e acertando e não é bem aí que queremos chegar.

A nossa sugestão para um julgamento criterioso: em primeiro lugar deve-se escolher uma bancada de notáveis da empresa, nunca diretores, vice-presidentes etc.. eles tem a péssima mania de competir internamente e suas escolhas de maneira geral seriam políticas e não pensando no crescimento e inovação da empresa. A bancada deve ser formada por pessoas técnicas e não importa o cargo, basta entender do que se está falando.

Queremos que a empresa, acima de tudo, acerte nas escolhas dos projetos e desta forma, deve-se evitar qualquer tipo de "fama" aos escolhidos.  As escolhas devem ser técnicas observando sempre que as discussões sobre viabilidade e requisitos já foram discutidas nas áreas. A bancada de notáveis pode dividir esses projetos em : Curto, Médio e Longo Prazo, assim como pode colocar um mínimo de Retorno sobre capital investido para que um projeto seja avaliado.

No próximo artigo nos aprofundaremos nos critérios de avaliação focando a inovação e como não cair na tentação do "fazer mais do mesmo".

Abraços a todos!
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Antropomidia | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger