segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Entenda a crise na Europa em 3 filmes


No mundo de hoje, o que é comum para os trabalhadores do mercado financeiro, administradores, economistas e afins, nem sempre é compreendido pelo o público leigo. A causa da complexidade nasceu após a Revolução Industrial. Antes dela, no final do século XIX, a economia funcionava mais ou menos como uma conta de padaria, simples, pois uma nação estava bem se tudo que se produzia para a subsistência dava para todos e uma eventual crise existia quando a soma de tudo não dava para todos. Por esse motivo que quase tudo se resolvia com guerras.

Com o advento da Revolução Industrial surgiram as sobras de produção, lucro, papéis, mercados e bolsas de valores. O que antes era uma conta de padaria, tornou-se um exercício de previsibilidade, de apostas. Ganha mais quem arriscar mais. E é aí que entram nossos filmes para explicar o que aconteceu com a economia americana em 2008 e está acontecendo hoje com a economia européia. Basicamente, o leigo sabe que existem os tais papéis ligados a hipotecas e que o governo americano socorreu a economia com 700 bilhões de dólares. Os filmes que aqui indico possuem três visões diferentes e tenho certeza que vai dar uma visão clara ao leitor para o que está acontecendo na Europa também.

Wall Street: o dinheiro nunca dorme
Direção: Oliver Stone - EUA/2010 - Com Michael Douglas, Susan Sarandon, Shia LaBeouf, Charlie Sheen, Frank Langella - Trailer

- É o mais forte dos três, demonstrando ao espectador a visão dos empresários, bancos e especuladores durante o crash de Wall Street de 2008 e que onde há uma crise também há quem ganhe. A falta de ética e moral perante a falta de regulação do governo mostra como a atitude perante as câmeras é uma e nos bastidores é outra.

Grandes demais para quebrar
Direção: Curtis Hanson - EUA/2011 - Com William Hurt, James Woods, Paul Giamatti, Bill Pullman



- Mostra a visão do trabalho do governo durante a crise, tentando salvar as corporações, buscando fusões, deixando o Lehman´s Brothers quebrar e lutando pelo empréstimo do governo de US$ 700 bilhões. A fraqueza do governo perante o congresso também é um fator muito abordado.

Capitalismo: Uma história de amor
Direção: Michael Moore - EUA/2010 - Documentário - Trailer

- Aborda a visão do povo americano. O diretor vai de encontro aos milhares de americanos que ficaram sem teto e tentando entender o que aconteceu com os 700 bilhões de dólares. Em sua opinião, o dinheiro deveria ser usado para salvar as casas dos americanos e não para ajudar a bancos e empresas financeiras. Hoje a taxa de desemprego nos EUA beira os 20% e a maior parte dos bancos se salvou, assim como seus executivos receberam e recebem bônus milionários.

Espero que as sugestões ajudem o leitor a chegar a suas próprias conclusões sobre a crise na Europa e, principalmente a compreender que a visão geral é que em um momento de crise todos estão perdendo e não é bem assim que acontece.

Boa diversão!

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

0 comentários:

Postar um comentário

  ©Antropomidia | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger