sábado, 12 de junho de 2010

Os cinco melhores comerciais de 2000 a 2005

Na terceira parte de nossa volta aos melhores comerciais do passado, vamos eleger os cinco melhores comerciais entre os anos de 2000 e 2005. Enquanto nos anos oitenta observamos super-produções e nos anos noventa a exploração do humor e emoções, neste período podemos perceber uma mistura dos dois. Super-produções com bom humor ou com o tema emocional, mas o diferencial é que o produto volta ao primeiro plano. Como sempre, o leitor pode deixar sua contribuição, afinal sugestões sempre são bem vindas e ao final desta saga listarei as sugestões de todos em um artigo especial dos trinta anos de propaganda no Brasil!

Comercial ITAU - Completamente louco - Agência DM9/DDB - 2000

Uma criação de Marcello Serpa e Nisan Guanaes e Direção de Guanaes, que ainda figuravam no casting da DM9 e produziram um dos comerciais mais emocionantes da virada da década. Explorando todos os sentimentos de um ser humanos que é pai nos dias de hoje.


Comercial Brahma - Tartaruga- Agência F/Nazca Saatchi & Saatchi - 2001

Esse comercial fez parte de um ciclo de comerciais da Brahma, que começou com carangueijos na praia e teve como seu personagem de maior sucesso a tartaruguinha que fazia embaixadas com a latinha, irritando sempre o motorista do caminhão. A tartaruga é tão perfeita em seus movimentos que após pesquisa descobri que seus elementos gráficos foram produzidos pela agência Vetor Zero, a mesma que fez ET o extra-terrestre. A propaganda ficou muito tempo no ar, mas o verdadeiro motivo para o cliente encerrar a participação dos bichos teria sido o pseudo-incentivo às crianças em relação ao consumo de álcool.


Casas Bahia - Quer pagar quanto? - Agência Young & Rubicam - 2003

Fabiano Augusto (ator do comercial) estrelou dezenas de filmes entre 2003 e 2005 das Casas Bahia, onde o jargão "Quer pagar quanto?" era o mote principal e acabou por virar gíria e piada entre o público consumidor. Na época em que a propaganda saiu do ar o motivo seria o desgaste da imagem dos comerciais e também de algumas ações impetradas na justiça contra as Casas Bahia pelo fato de ser apenas uma brincadeira, afinal o cliente não pagava somente o que queria. Houve também uma ação de assédio moral de uma ex-funcionária que estaria usando um bottom com o jargão e teria sido motivo de piada de colegas.


AXE - Love is in the Air - Agência Vega Olmos Ponce (Argentina) - 2004

Um comercial com ótimo humor, explorando o sexo de maneira subliminar, sem uma palavra e somente com a música (que é maravilhosa) ao fundo. Melhor não comentar a publicidade em si e guardar para quem vê se divertir, mas a origem do comercial vem do hábito do consumo do Mezcal, uma bebida mexicana onde a lenda diz que quem toma e come a larva da borboleta que está no fundo da garrafa ganha virilidade.


Rider (Grendene) - Além do horizonte - W/brasil - 2005

Uma série de comerciais do cliente com o tema "Dê férias para os seus pés" que se iniciou em 1994, com Descobridor dos sete mares (De Tim Maia com performance de Lulu Santos). O público sempre esperava o início dos verões quando a agência de Washington Olivetto explorava as cenas ligadas à aventura e praias para lançar as novas coleções do cliente. Reparem como as cenas remetem muito aos comerciais de holywood dos anos setenta.


Veja também:

Abraços a todos!

RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

8 comentários:

MANU PINK disse...

OI ADOREI AS PROPAGANDA!!!TENHA UM BOM FIND!BJOKAS!

Maria Marçal disse...

São simplesmente fantásticas!
Todas passaram aqui no Sul. Felizes momentos aqueles. De fato o produto, embora as propagandas cheias de "temas emocionantes", não tiravam o objetivo de exaltá-lo.

Adorei Luis. A primeira e a última me enxeram de recordações felizes.

beijos saudosos,

Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Blog da Comunicação disse...

A tartaturiguinha é sensacional. Marcante. Abraços.

Sissym disse...

Alguns comerciais do Axe eram engraçados. Sempre é bom lembrar dessas passagens que nos acompanham entre os programas que estamos assistindo.

Rosana Madjarof disse...

Luís,

Parabéns pela escolha desta postagem tão interessante.

É muito bom poder rever esses comerciais que marcaram uma época.

De todos os comerciais que você nos apresentou, o que eu mais gostava era o da Brahma, com a tartaruga jogando a latinha...

Adorei!

Bjs.

Rosana.

Anônimo disse...

falto aquele do siri da bramah!!

JORNALISMO ANTENADO disse...

todas são excelentes, mas realmene a da tartaruga era hilária, ria demais dela.
Adorei essa tua séria meu querido amigo, tá de parabéns,
Beijos no coração
Márcia Canêdo

birasblog disse...

MUITO BOM EXCELENTE!

Postar um comentário

  ©Antropomidia | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger