domingo, 25 de abril de 2010

Os cinco melhores comerciais dos anos oitenta

Dentro de um de nossos tags do Blog, o de negócios, resolvi falar um pouco das propagandas de sucesso de empresas no Brasil ao longo das últimas décadas. Acho interessante para os mais jovens conhecerem um pouco da criação das agências e entender a evolução dos filmes. Este primeiro artigo vai enumerar as cinco melhores propagandas dos anos oitenta, uma década onde as pessoas assistiam propagandas como verdadeiros filmes.

Antes de destacá-las, é preciso contextualizar como funcionava o mercado, já que obviamente em comparação com as propagandas de hoje são extremamente diferentes. Os filmes publicitários eram demasiado caros nos anos oitenta e as empresas exigiam super-produções quase tão bem feitas como filmes de cinema.

O público consumidor brasileiro começava a degustar o consumo e as empresas buscavam ao máximo a diferenciação e com isso, comerciais de televisão pareciam verdadeiras obras de arte. Por esse motivo, veremos nos melhores, mais filmes do final da década.

Os cinco comerciais que estão listados abaixo foram selecionados por mim e obviamente o leitor pode deixar em seus comentários suas sugestões que serão bem vindas!

Holywood (Souza Cruz) - "Holywood, O sucesso" - 1982
Foram 47 comerciais ao longo dos anos oitenta e noventa. Em todos, somente as palavras "Holywood, o sucesso". Explorando singles de cantores e conjuntos da moda, a intenção sempre foi ligar o público consumidor ao eventual sucesso dos atores do comercial. Independente do mal que o cigarro pode causar, as propagandas eram muito bem produzidas (com músicas de Peter Frampton, Asia, Survivor, Tina Turner, David Coverdale, entre outros) e com um show de imagens de competições e esportes radicais.


Valisére - "O primeiro Valisére a gente nunca esquece" - 1987 - W/Brasil
Talvez o filme que marca o começo de uma nova era na propaganda brasileira. Washington Olivetto soube antever que a propaganda não sobreviveria mais somente do produto. Deveria ter um lado humano, principalmente. O consumidor precisava se ver no produto. Genialmente, explorou o desejo de amadurecimento rápido dos jovens, criando uma personagem que deseja ter o primeiro sutiã e assim que o consegue se sente poderosa, mulher. O criador também anteviu o poder de consumo das mulheres.


Chevrolet (GM) : "Meu coração bate mais alto dentro de um chevrolet" - 1988 - McCann
Nos anos 80, as propagandas de veículos eram baseadas no lançamento da linha para o ano seguinte, o que à época aqui no Brasil acontecia nos finais de ano. Zé Rodrix criou um dos jingles mais bonitos para um comercial de TV. O alvo da GM era ressaltar o silêncio de seus carros, em que de forma subliminar o coração poderia ser ouvido dentro de um Chevrolet. A música é linda e o filme traz imagens muito bem exploradas das caracterísitcas de cada carro da linha.



COFAP - "Turbogás Cofap" - 1989 - W/Brasil
Um cãozinho Dachshund, o popular salsicha. Correndo por uma casa toda encerada e fugindo de um enorme Sheep Dog alemão. Ele consegue fazer todas as "curvas" da casa e na mais radical, seu concorrente derrapa e finalmente nosso herói escapa. Uma propaganda gostosa, com muito bom humor e que valorizou em muito o produto, que ficou conhecido nacionalmente. Teve quatro filmes em seqüencia, cada um mais engraçado que o outro. Vale a pena ver.


Comercial Jeaneration Jeans : "I feel good" - Final dos anos 80
De forma ousada, a fábrica de jeans Jeaneration Jeans saiu do lugar comum ao lançar um filme de quase três minutos, explorando muito a voz de Adyel Silva e a vida rotineira de três casais. O filme tem também muita sensualidade, mostrando corpos nus e com muito bom gosto, além de lembrar em muito o cinema europeu. Em minha opinião, se destacou da concorrência ao tirar o foco que as propagandas de jeans continham na época, muito parecido com as de cervejas de hoje, valorizando corpos de mulheres e sem conteúdo.


Aguardem, em breve os melhores comerciais dos anos noventa!

Abraços amigos!
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

15 comentários:

Principe Encantado disse...

Bom relembrar, parabéns pela seleção.
Abraços forte

Maria Marçal disse...

Luis!
Nossa! amei assistir esses vídeos.
Dois deles, não conhecia.
O do cigarro é sensacional, bem como do sutiã.

Adorável.
beijos, amigão

Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Jack Dieguito disse...

Quando cheguei no final da leitura, nao me deparei com aquele comercial do LAKA, lembra? que passava a musica do A-ha Crying in the rain.
mas foi relembrar os outros.
abçs

Massoterapeuta no rio de janeiro disse...

Bacana !
Lembrei de alguns , o mais legal foi do cachorro e do sutiã . Mas gostei de todos , menos do cigarro .

Eninha Campos disse...

Noooossa são todos tão bons... Não poderia escolher.W/Brasil é fantástica,a McCann é sensacional enfim só feras .
Boas escolhas. Gostei muito.
Abs,
Eninha

Sissym disse...

As propagandas do Hollywood era lindas! As musicas muito bem selecionadas mostravam que as pessoas podiam "ser" . O da Valisére teve muito a ver com meu tempo mesmo, inesquecivel.

Eu lembrei de outro, tão errado quanto o primeiro, mas tão famoso quanto o primeiro: Malboro! Também eram propagandas de forte impacto.

Aliás, a industria do fumo conseguiu por anos causar um impacto mostrando que para ser o tal era preciso fumar. Ainda bem que isso mudou!

Geraldo disse...

Eu gostava muito dos comerciais da cofap... os cachorinhos eram o tudo de bom...

Abraço

yet disse...

Legal lembrar do "salsicha"; alguem sabe por onde anda aquele cãozinho muito esperto da cofap?

Monica disse...

Otimo post. Muito bom relembrar.
O mais curioso e que as propagandas de cigarro procuravam vincular esporte ao cigarro rssss.

joana disse...

Luis
Que video mais lindo!...chevrolet,musica linda,cavalo ,mar...eram mais calminhos dos de agora...
bjs
joana

Amor Rock e Delineador disse...

faltou esse http://www.youtube.com/watch?v=6t0SK9qPK8M

muito foda

Lilian disse...

Olá amigo,

Parabéns por nos trazer boas recordações.
Lembrei-me de todos os comerciais.
Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian

ANA PIMENTEL disse...

É claro que além de apreciar e valorizar essas propagandfas, elas tem o mérito de me remeter a uma época adorável da minha vida, quando descobri sensações, percebia a magia das imagens e da palavra. Essas propagandas, sobretudo, trouxeram essas lembranças de forma vívida. Momentos de descobertas, fora e dentro de mim. òtimo momento esse!

Anônimo disse...

eu adoraria saber se existe um site onde mostram como estão hoje alguns atores e aTRIZES DE PROPAGANDAS DOS ANOS OITENTE COMO O CASAL LAKA .....

JORNALISMO ANTENADO disse...

Adorei essa viagem no tempo Luiz,sabe que curto essas coisas né..rs Nossa as propagandas do Hollywood sempre arrasaram por causa das imagens belíssimas e a trilha sonora espetacular. Lmebrei de todas as outras também, essa da Cofap todo mundo falava por causa do cachorrinho..rsrs
Adorei amigo.
beijos no coração
Márcia Canêdo .

Postar um comentário

  ©Antropomidia | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger