segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Sarah Menezes, o Brasil Olímpico



"Sou nascida e criada no meu Estado, e não precisei abandoná-lo para treinar nos grandes centros e me tornar uma atleta olímpica"
Palavras de Sarah Menezes, judoca brasileira, vencedora do prêmio Brasil Olímpico nesta noite. Antes de mais nada parabéns para a judoca nascida no Piauí. A atleta ganhou etapas da copa do mundo de judô neste ano, mas sua maior vitória foi o bi-campeonato mundial júnior.
O que é mais importante neste prêmio de Sarah é sua humildade. Humildade em admitir que nunca abandonou seu local de nascimento. Talvez porque não se importou em ganhar dinheiro com o esporte. Suas marcas impressionantes vieram de um treinamento realizado totalmente em seu Estado natal.

Um exemplo para jogadores de futebol, mas acima de tudo para aqueles que têm hoje entre 6 e 12 anos e esperam poder competir nas Olimpíadas 2016 no Rio de Janeiro.
Um exemplo para o governo brasileiro, que nela encontra um caminho para não passar por um fiasco daqui a pouco mais de 6 anos. Sim, o segredo será investir nos locais onde estão os futuros atletas e não formar grandes centros de formação. Somente assim, um evento esportivo pode fazer com que ao seu reboque ondas de inclusão social aconteçam.
Claro, você não conhece Sarah. Se conhecesse seria porque os programas esportivos de massa saíram dos grandes centros e encontraram o Piauí. Provavelmente no programa dominical de esportes Sarah será entrevistada, sua família também, amigos. Quem sabe até na famosa revista eletrônica de domingo.
Mas agora você pode conhecer as inúmeras “Sarahs” que existem no Brasil. Vai depender do projeto.
Notícias Relacionadas:

Rio 2016 – Nosso novo milagre econômico


Abraços a todos!
RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

6 comentários:

LL disse...

Luís,

Desejo-te um Feliz Natal e um Ano Novo pleno de Saúde e Felicidade!
Espero que a Humanidade possa crescer na consciência de um Planeta saudável, sem fome, guerras e poluição.

Beijos
Luísa

JORNALISMO ANTENADO disse...

Olá meu querido Luis,devemos render parabéns a essa e muitas Saras espalhadas por esse nosso Brasil, que mantiveram sua humildade e tem orgulho de dizerem sua origem. Infelizmente a mídia ainda privilegia os grandes centros , e nem é culpa dos profissionais, mais sim das empresas que eles representam. A famosa audiência sempre fala mais alto....

Belíssimo post meu querido!!!
Beijos no coração.

Histórias & Estórias disse...

O que faz de um vencedor é a força que traz dentro de si.

Bela menina! Magnífica atleta!

Luana Hazine disse...

Parabéns Luis, é super importante mesmo investir no esporte e descobrir os diversos taelntos que temos em nosso país, apesar de termos locais mais desenvolvidos para a prática de esportes, é justamente onde há menos condições que os verdadeiros atletas se revelam, por sua força de vontade e talento. Parabéns à Sarah e a todos os outros fenômenos escondidos pelo brasil a fora.

João Alberto disse...

Sarah Meneses tem uma bela trajetoria de lutas e conquista, por isso é merecedora do prêmio.

erickfigueiredo disse...

Ser do Piauí já demonstra sua força moral e seu caráter. Não que as pessoas dos demais estados do país não tenham estas virtudes. Mas elas se encontram mais fortes neste povo sofrido e amigo.

Abraços aos piauienses que conheço e homenagem aos demais habitantes deste maravilhoso estado.

Postar um comentário

  ©Antropomidia | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger