sábado, 12 de setembro de 2009

Anos 90 - Chegada do computador no banco






Muitos blogs já devem ter escrito sobre a história dos computadores e da internet e não vou me atrever a contar essa história até porque não sou especialista e nem formado em ciências próximas a esse ramo. Suponho que 80% dos atuais usuários de computadores não estavam em uma grande corporação quando esse “monstrinho” apareceu, em primeiro lugar mundialmente nos anos 80 e posteriormente no Brasil, devido a uma lei de reserva de mercado (entenda mais sobre ela aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Reserva_de_mercado). Com essa lei, nossas corporações só passaram a investir maciçamente em computadores nos anos 90.

É aqui que eu entro. Com 25 anos e trabalhando no banco há pouco tempo, o cargo era de analista trainee. Um belo dia acordei e quando cheguei ao escritório tinham destruído uma sala de reuniões imensa e estavam montando bancadas. A turma do café fazia prognósticos do por que da reforma e o palpite mais forte era o de que perderíamos nossas mesas (eram enormes e cheias de gavetas) e finalmente nos colocariam em “linha de produção”, um ao lado do outro e como toda conversa com perfil dos oprimidos da época o objetivo final era demitir metade dos funcionários. Passaram-se alguns dias e a sala ficou pronta e outros tantos dias se passaram e chegou uma caixa (enorme) e nela estava escrito: Computador Prologica CP 500. Era o primeiro computador de “pequeno porte” do banco (Não se falava micro computador na época ok?)

O que foi mais interessante é que não houve curso para ninguém e após a instalação ficávamos admirando aquela CPU com um monitor em cima, como uma tribo fica ao redor de um ídolo esperando que ele se mexa, sei lá, faça alguma coisa. Pois então, como toda área de um grande banco ali existia um Gerente e com os poderes que o cargo lhe conferia ele apertou o botão “On”. Após toda a demora do computador para ligar, o que aparecia na telinha (de fósforo verde) era um C:>.

A tribo continuou ali, a gente ouvia que computadores funcionavam sozinhos então esperamos ele fazer algo. Não fez. Com o tempo (meses) descobrimos o que o C:> significava e chegaram os cursos, MS DOS, Wordstar 2.0, LOTUS 123 e ao final realmente empreendemos mudanças drásticas na forma daquela área trabalhar. Mas a situação mais engraçada se passou durante aqueles meses de curso. Já sabíamos entrar e digitar no LOTUS http://pt.wikipedia.org/wiki/Lotus_123
, mas desconhecíamos fórmulas, então todo o trabalho era feito em cartolinas com calculadoras e depois digitado na planilha eletrônica, para depois ser impresso. Afinal, era preciso impressionar o acionista, pois um computador era muito caro e o trabalho devia chegar a ele impresso e não feito à mão.

Essa é uma época em que computador não era eletrodoméstico e não havia sequer intranet. A revolução tecnológica transformou esse avanço de meses em horas e hoje é impossível que cada um viva sem seu PC. Pois é, naquela época, além de tudo que contei aqui, era uma bancada com 5 posições e 5 computadores para 30 funcionários e assim, existia uma agenda de horários para uso da máquina. Foi uma pena esse atraso que aconteceu aqui no Brasil, mas foi muito interessante presenciar essas cenas corporativas. Qualquer hora eu vou postar aqui falando mais sobre esse passado, como o surgimento das redes locais ou o nascimento da terceirização da manutenção de computadores. Sim, um dia existiu uma equipe própria nas empresas que cuidava disso.

Abraços a todos!


RSS/Feed: Receba automaticamente todas os artigos deste blog.
Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.

3 comentários:

Cléber disse...

Post legal, hehe! Eu lembro que conversei com um cara que lidava com fitas magnéticas e me contou de quando chegavam máquinas "novas e surpreendentes", com funcionalidades maravilhosas tipo "puxar a ponta da fita automáticamente". Muito legal saber como era naquela época.

Guest disse...

Valeu Cleber, em breve vou falar sobre o MSX da Gradiente, aguarde!

Anônimo disse...

Não me ajudou em nada eu só queria sabe com era os computadores no ano 90 para o tabalho de informatica da escola ve se da próxima vez posta isso e vc é da tv que eu sei adimiro vc mais o seu texto não me ajudou em nada

Postar um comentário

  ©Antropomidia | Licença Creative Commons 3.0 | Template exclusivo Dicas Blogger